Santo Antônio de Leverger, 26 de Maio de 2018
  Navegue:
Resgate Histórico
Eventos Sociais
Esporte
Política
Cultura
Saúde
Cidades
Pesqueiros / Pousadas
Dicas de pesca
Gastronomia Regional
Em sua opinião o Município deve proceder de que maneira com o morador que joga entulhos em vias públicas
Votar
Ver Parcial

noticias
Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
PRONAF
PF vai investigar operação realizada no BB em Leverger que causou prejuízo a pescador
24/04/18
Por: Redação - Leverger News
Fonte: RDnews

 

 

     

 

 

 

 

 

 

O pescador Jonas Pereira dos Santos, 49 anos, diz ter sido vítima de um golpe supostamente aplicado pelo então presidente da Colônia de Pescadores Z1 de Cuiabá, Lindemberg Gomes Lima, em 2013, o que teria lhe gerado uma dívida de R$ 50 mil perante o Banco do Brasil. “Na verdade eu vim aqui mais para um pedido de socorro porque não tenho mais a quem recorrer”, revela à equipe do RDnews

Em vista à sede do RDnews, Jonas conta que entre agosto e setembro foi procurado por Lindemberg que o orientou a aderir ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) para aquisição de um motor 15 HP Yamaha e um barco 5,5 semi chato de borda alta com carretinha, bens estimados em R$ 17,5 mil.

A tratativa, segundo o pescador, foi feita em uma agência do Banco do Brasil em Santo Antônio do Leverger, porque segundo Lindemberg, lá seria “mais fácil”. “Ele me procurou, sabia que eu necessitava de um barco motor carreta, para que eu fizesse um Pronaf junto com ele. Bom, ele como presidente da Colônia, presidente da Federação dos Pescadores e eu como associado, fui fazer o Pronaf com ele”, explica.

O pescador aguardou até final de 2014 e não ocorreu a liberação dos bens, motivo pelo qual cancelou a aquisição. “Cheguei nele e falei: Lindemberg, estou esperando há um ano esse motor e essa carreta e nada vem. Vou cancelar, não quero mais isso aí. Então cancela o meu”, detalha.

Ocorre que, em 2015, quando foi comprar pneus em uma loja de Várzea Grande, descobriu que estava com uma pendência no Banco do Brasil e ao se deslocar até a agência mais próxima, na avenida da FEB, recebeu a informação que só poderia tratar do assunto na agência de Santo Antônio.

No mesmo dia, Jonas voltou ao banco onde havia assinado a adesão ao programa e foi informado que, na verdade, tinha sido avalista da aquisição de um barco, no valor de R$ 50 mil para Lindemberg por meio do Pronaf. Jonas conta que o gerente do banco se recusou a atendê-lo e mandou que um funcionário o fizesse. Este, por sua vez, disse que não poderia fazer nada. “O meu Pronaf era R$ 17,5 mil, como que você libera R$ 50 mil para Lindemberg sem autonomia, sem eu saber de nada? Eu quero um documento que comprove porque eu vou provar que não devo nada a vocês”, disse ao funcionário.

Naquela ocasião, Jonas diz que pediu a cópia do contrato e descobriu que haviam falsificado seu endereço. Os documentos de adesão ao Pronaf indicavam que ele era morador do município de Barão de Melgaço, sendo que reside na avenida Beira Rio, em Cuiabá, há aproximadamente 30 anos.

O pescador revela que tentou levar o caso à Polícia Federal, que não deu andamento por falta de provas concretas. Em seguida, levou o caso ao conhecimento de delegado da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), que abriu um inquérito e encaminhou para a Polícia Federal. Jonas também ingressou com uma “notitia criminis”, ou seja, uma petição criminal, junto à Justiça Federal, na qual imputa a Lindemberg e outras duas pessoas a prática do crime previsto no art. 19 da Lei no 7.492/86, a Lei do Colarinho Branco, que prevê pena de reclusão de dois a seis anos e multa para quem cometer crimes contra o sistema financeiro nacional.

Nessa petição, Jonas pediu que o juiz da 5ª Vara Federal, João Moreira Azambuja, determinasse a instauração de um inquérito policial federal para apuração dos fatos e, consequentemente, a responsabilidade penal de cada envolvido, indiciando-os na forma da lei.

O Ministério Público Federal (MPF) pediu que os autos sejam encaminhados à Policia Federal para instauração de inquérito policial, caso não exista procedimento já instaurado para esse fim. No entanto, Azambuja decidiu que a competência para adoção de providências é do Ministério Público. “Vale dizer, qualquer pessoa pode encaminhar diretamente ao Ministério Público petição comunicando a ocorrência de delito, para que sejam adotadas, pelo próprio órgão ministerial, as medidas legais, sem necessidade de intervenção judicial”, diz trecho da decisão, proferida em junho do ano passado.

Segundo a assessoria do MPF, há uma investigação em curso no órgão, mas não há informações mais detalhadas sobre o procedimento.

O pescador diz ter procurado o ex-presidente várias vezes para resolver a situação, mas sem sucesso. "Ele nunca quis conversar comigo".

Outro lado

À reportagem, Lindemberg nega que tenha deixado qualquer dívida para Jonas e explica que o que ocorreu foi um aval cruzado entre eles, de modo que um foi o avalista do Pronaf do outro. “Acontece que o meu Pronaf saiu e o dele não, o motivo eu não sei, isso o banco é que teria que responder. Ocorreu que logo que saiu o meu, eu saí da Colônia e fui para o Ministério da Pesca, era desnecessário ficar com a dívida e com o bem, então passei a dívida e o bem para outra pessoa”, relata.

Lindemberg assegura que a dívida tem sido paga regularmente e comenta que realmente houve um atraso no início do pagamento, o que ele acredita ter ocorrido em 2015, ano em que Jonas soube da dívida junto ao banco. “Tem que ter provas de que houve atitudes que prejudicaram ele e não vejo onde, não tem dívida. O que acontece é que existem outras pessoas envolvidas, alimentando ele com ideias”, comenta o servidor ao dizer que acredita que há um movimento político insuflando o pescador.

 

Atenção! Os comentários e opiniões são de responsabilidade única e exclusiva do leitor e não expressam, necessariamente, o ponto de vista do site. Ao comentar, o usuário declara ciência e aceitação deste termo de conduta dos comentários do site LevergerNews.
Nome:
E-mail:
Título:
Comentário:
Comentários Envie o seu
 
Não foi feito nenhum comentário para esta matéria até o presente momento
Mais Notícias
15/08/17
Há 41 dias no cargo, secretário consegue desinterdição e hospital retoma atendimentos à população
25/05/18
Sindicalista "samba na cara da sociedade levergense" cita reportagem da imprensa cuiabana
23/05/18
Comerciante faz disparos com arma de fogo no centro de Leverger
23/05/18
Prefeitura de Leverger recorre ao TJ sobre greve promovida pelo Sintep
22/05/18
Rede nacional de restaurante faz seleção em Leverger para vagas de emprego
21/05/18
Prefeito emite Nota de Esclarecimento sobre bilhete distribuído nas escolas de Leverger
18/05/18
Justiça suspende CPI instalada pela Câmara para investigar atos do prefeito
18/05/18
Sema apreende 32 kg de pescado irregular com morador da cidade
18/05/18
Especialista avalia PCH como matriz energética sustentável para o Pantanal
17/05/18
Santo Antônio adere ao movimento Maio Amarelo
16/05/18
Bombeiros encontram corpo que pode ser de adolescente que sumiu no Rio Cuiabá
15/05/18
Sem internações permanentes, pescado doado ao Hospital de Leverger não tem objetivo social
15/05/18
Hospital Municipal de Santo Antônio é furtado durante a madrugada
13/05/18
Governo realiza leilão de gado de corte do Presídio de Agrovila das Palmeiras
10/05/18
Nova gestão da secretaria de Cultura "abre as portas" para a comunidade de Leverger
09/05/18
Município consegue reintegraçãode de posse de área verde localizada na região de Peixinho
07/05/18
Sema realiza apreensão de mil metros de redes de pesca em Barão de Melgaço
07/05/18
Seis são presos com redes e peixes fora da medida no Rio Cuiabá
07/05/18
Após seis anos fechada agência dos Correios em Mimoso é reativada na gestão de Valdirzinho
04/05/18
Valdirzinho participa de debates sobre Pantanal de Santo Antônio e Barão de Melgaço
03/05/18
Prefeito empossa novo secretário de Educação do município
03/05/18
Corpo de Bombeiros confirma que corpo encontrado em Santo Antônio é de empresário que caiu no Rio Cuiabá
03/05/18
Fábio Teixeira intermedia apoio da prefeitura à centenária festa de Santa Cruz em Barreirinho
02/05/18
Homem desaparece na região de Peixinho após embarcação virar
02/05/18
Citricultores investem em plantio de limão taiti no cascalho em Santo Antônio
01/05/18
PM com habilitação vencida que atropelou morador de Leverger paga fiança e é liberado
01/05/18
PM que atropelou morador estava com CNH vencida e se recusou a fazer teste do bafômetro
30/04/18
Após denúncia, fiscalização apreende neste domingo (29) 600 kg de pescado irregular oriundo de Santo Antônio
29/04/18
Fiscalização da Sema apreende 306 kg de pescado irregular em Valo Verde
27/04/18
Prefeito de Santo Antônio apresenta futuro secretário de Educação durante reunião com secretariado
CYBORG - O HOMEM DE 6 MILHÕES DE DÓLARES

Homônimo de herói de seriado americano vai responder pelo Controle de frotas e veículos da prefeitura de Leverger

BONITO PRA XA CARA !!!

Comediante é vetado para subir ao palco em Leverger

DOCUMENTO PÚBLICO

Gerente da Prefeitura Santo Antônio é suspeito de assinar ordem para pagamento sem conhecimento e autorização do chefe

DEMOROU, MAS SAIU DE CENA

Ex garoto prodígio do prefeito de Santo Antônio é exonerado

A ÚLTIMA CEIA!

Dois secretários devem sentar pela última vez ao lado do prefeito Valdir, num jantar nesta quinta-feira

Mais notas
Viva Rondon
Allan Kardec
O que dizer da Mulher Levergense?
Redação - Levergense
Estrutura do Marketing
Marketing político e eleitoral - Parte VI
Cláudio Cordeiro - Publicitário/Advogado
© Copyright Levergernews - Santo Antônio do Leverger, MT - Fone: (65) 3341-1799/8403-5258