Santo Antônio de Leverger, 22 de Julho de 2018
  Navegue:
Resgate Histórico
Eventos Sociais
Esporte
Política
Cultura
Saúde
Cidades
Pesqueiros / Pousadas
Dicas de pesca
Gastronomia Regional
Em sua opinião o Município deve proceder de que maneira com o morador que joga entulhos em vias públicas
Votar
Ver Parcial

noticias
Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
BAÍA SIA MARIANA E CHACORORÉ
MP diz que pode recorrer a força policial para avaliar impacto de PCH no rio Mutum
15/03/18
Por: Redação ? Leverger News
Fonte: Fonte: RDnews

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Promotor Joelson de Campos Maciel, titular da 16ª Promotoria que avalia se PCH causa impacto às baías do Pantanal

O Ministério Público  emitiu nota pública nesta quinta (15) para afirmar que não precisa de agendamento prévio quando faz vistoria em meio ambiente natural e que, se necessário, pode recorrer ao uso de força policial para o cumprimento de diligências em obras de pequenas centrais hidrelétricas como a PCH Mantovilis, localizada na divisa entre Santo Antônio do Leverger e Barão de Melgaço.

 A 16ª Promotoria de Justiça Cível de Cuiabá investiga se a instalação da hidrelétrica no rio Mutum causará impactos nas baías de Siá Mariana e Chacororé. 

A nota foi motivada pelo desentendimento entre o assessor especial do MP, Francisco de Arruda Machado e o funcionário da construtora da PCH Mantovilis, Isaías Gonzaga de Souza, que registrou um Boletim de Ocorrência (BO) nesta quarta (14), relatando ameaça que teria sido feita pelo assessor especial do MP Francisco Machado à diretoria do empreendimento.


O MP explica também que Francisco e outros quatros profissionais da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) – que é conveniada ao MP, estiveram na PCH para realização de atos de um Procedimento Preparatório (PP), no qual se investiga eventuais danos ao meio ambiente provocados, em tese, pela Construtora Contorno Leste, que é responsável pela construção da PCH Mantovillis.

Procedimento

O procedimento preparatório, segundo o MP, foi instaurado em 11 de dezembro de 2017, depois de denúncias de moradores da divisa entre os municípios de Santo Antônio de Leverger e Barão de Melgaço, que revelaram receios com eventuais impactos ambientais decorrentes da instalação da PCH no rio Mutum.

O MP explica que em 14 de dezembro de 2017 foi realizada audiência extrajudicial com a participação do empreendedor da Mantovillis, que inclusive solicitou cópia dos autos da audiência deferida pelo promotor Joelson de Campos Maciel, titular da 16ª Promotoria. “Assim, desde 14 de dezembro de 2017 o empreendedor já tinha ciência do presente Procedimento, inclusive dele tomou cópia total, em 19 de janeiro de 2018, quando passou a acompanhar todas as diligências do Ministério Público, visto que os autos são públicos e absolutamente transparentes para toda a sociedade”, declarou o MP em nota.

Segundo o MP, o CAOP designou em 19 de dezembro de 2017, uma equipe para realizar a perícia para a realização de vistoria no local onde será instalada a PCH Mantovillis, no Rio Mutum, para que fosse confeccionado um relatório técnico com as dimensões dos possíveis impactos ambientais às baías de Siá Mariana e Chacororé.

“O biólogo Francisco de Arruda Machado, juntamente com profissionais da UFMT já haviam realizado vistoria técnica prévia nos dias 15 e 16 de março de 2018, sem enfrentarem qualquer dificuldade de acesso para o desenvolvimento da diligência”, especificou o MP.

Boletim de Ocorrência

No BO, Isaias Gonzaga diz que não permitiu a entrada da equipe do MP, porque não foi apresentada identificação dos técnicos, assim como não foi apresentada nenhuma ordem judicial ou documento oficial do Ministério Público que pudessem autenticar a presença dos servidores.

 

16ª Promotoria de Justiça de Cuiabá investiga se instalação da hidrelétrica no rio Mutum causará impacto nas baías de Siá Mariana e Chacororé

O MP contesta e afirma que a equipe técnica a serviço do MP dirigiu-se até o local da perícia devidamente identificada, inclusive com carro oficial da instituição. "Frise-se que o empreendimento em questão, por intermédio de seu advogado e representante legal da empresa, já tinha conhecimento da instauração de Inquérito Civil quando da formulação do pedido de perícia ao CAOP (Centro de Apoio Operacional) pelo promotor de Justiça presidente da investigação, tendo-lhe, inclusive, sido franqueada cópia integral do procedimento”.

Ainda de acordo com o MP, o CAOP realiza atividades periciais com frequência em diversas áreas do conhecimento, como ambiental, engenharia civil, contabilidade, pedagogia, entre outras. “No exercício das funções desse Centro de Apoio Operacional, nunca fora necessária a requisição de força policial para o cumprimento das requisições ministeriais, não obstante a previsão legal contida na Lei Complementar 75/93, aplicável em analogia aos Ministérios Públicos Estaduais, em seu Artigo 8º. Denota-se, portanto, que a administração do empreendimento insurgiu-se contra a realização da perícia técnica de forma imotivada, em atitude sem precedentes no Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça”, sustenta o MP.

Outro lado

A PCH Mantovillis informou por meio de assessoria de imprensa que irá se manifestar sobre os argumentos apresentados pelo Ministério Público, apenas na segunda (19).

 

Atenção! Os comentários e opiniões são de responsabilidade única e exclusiva do leitor e não expressam, necessariamente, o ponto de vista do site. Ao comentar, o usuário declara ciência e aceitação deste termo de conduta dos comentários do site LevergerNews.
Nome:
E-mail:
Título:
Comentário:
Comentários Envie o seu
 
Não foi feito nenhum comentário para esta matéria até o presente momento
Mais Notícias
15/08/17
Há 41 dias no cargo, secretário consegue desinterdição e hospital retoma atendimentos à população
22/07/18
Sema apreende mil metros de rede e pescado irregular na Baía de Siá Mariana
21/07/18
Feijoada visa manter estrutura e aulas para crianças e jovens do projeto da Associação
20/07/18
Gilmar Fabris garante apoio aos projetos da Associação de Moradores de Varginha
19/07/18
Justiça condena PMs flagrados recebendo propina de motorista na rodovia Palmiro Paes de Barros
18/07/18
Quatro homens com diversas passagens e atitudes suspeitas são abordados pela PM próximo a agência do BB
15/07/18
2ª Festa do Milho movimenta Barão de Melgaço
15/07/18
MPF/MT pede suspensão de demarcação de terra indígena em Santo Antônio
12/07/18
Adolescente de 16 anos é preso com drogas em Leverger
12/07/18
Prefeitura entra com ação errada e Justiça nega anulação de Lei da nova divisão de Santo Antônio
10/07/18
Prefeitura cede maquinário para construção de tanques e incentiva a piscicultura em Barão
09/07/18
Após bomba e poço passar por manutenção, moradores de Varginha voltam a receber água
08/07/18
Ex-segurança de Arcanjo que cumpria pena em Leverger por assassinatos de pescadores vai para o semi-aberto
08/07/18
Após Igreja ser violada e objetos sagrados jogados no chão, Diácono denuncia falta de iluminação pública em Agrovila
07/07/18
Elvio assina convênio com a Secid e 5 mil residências de Barão terão água tratada de qualidade
07/07/18
Cronograma falha e prefeitura cancela entrega de pontes na região de Coqueiro
05/07/18
Prefeito e secretária de Assistência Social recebem veículo que vai auxiliar conselheiros de Barão
03/07/18
Homem é morto a tiros na região do Garimpo Jatobá em Leverger
02/07/18
Coordenadora da Escola Santa Claudina de Mimoso capota seu veículo na MT-040
02/07/18
Instalação de quebra-molas fora dos padrões causa indignação em Leverger
02/07/18
Morador não resiste e morre dois meses após ter sido atropelado em faixa de pedestre
30/06/18
PM "derruba boca de fumo, apreende drogas, dinheiro, armamento e prende o gerente"
29/06/18
Ônibus novos com wi-fi e ar-condicionado atenderão usuários de Barão de Melgaço
29/06/18
320 pessoas vivem em áreas de risco em Santo Antônio, aponta o IBGE
29/06/18
Empossado novo secretário de Cultura e Turismo de Leverger
28/06/18
1ª Mostra de Arte e Gastronomia marca as comemorações dos 118 anos de Leverger
27/06/18
Tremor de terra abala Barão de Melgaço na noite desta terça-feira
27/06/18
Jovem morre ao ser arremessada contra poste de energia, após moto se chocar com cachorro na MT-040
26/06/18
Secretaria implanta CCI em Porto de Fora e oferta serviços aos idosos da região
26/06/18
Ex-prefeito e ex-secretário são condenados a devolver R$ 145 mil ao erário
CYBORG - O HOMEM DE 6 MILHÕES DE DÓLARES

Homônimo de herói de seriado americano vai responder pelo Controle de frotas e veículos da prefeitura de Leverger

BONITO PRA XA CARA !!!

Comediante é vetado para subir ao palco em Leverger

DOCUMENTO PÚBLICO

Gerente da Prefeitura Santo Antônio é suspeito de assinar ordem para pagamento sem conhecimento e autorização do chefe

DEMOROU, MAS SAIU DE CENA

Ex garoto prodígio do prefeito de Santo Antônio é exonerado

A ÚLTIMA CEIA!

Dois secretários devem sentar pela última vez ao lado do prefeito Valdir, num jantar nesta quinta-feira

Mais notas
o Grandioso Santo Antônio faz parte de Leverger à exatamente 118 anos
Tayane de Andrade Castro
Viva Rondon
Allan Kardec
O que dizer da Mulher Levergense?
Redação - Levergense
Estrutura do Marketing
© Copyright Levergernews - Santo Antônio do Leverger, MT - Fone: (65) 3341-1799/8403-5258