Santo Antônio de Leverger, 22 de Maio de 2019
  Navegue:
Resgate Hist�rico
Eventos Sociais
Esporte
Política
Cultura
Saúde
Cidades
Pesqueiros / Pousadas
Dicas de pesca
Gastronomia Regional
Em sua opinião o Município deve proceder de que maneira com o morador que joga entulhos em vias públicas
Votar
Ver Parcial

noticias
Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
CÂMARA MUNICIPAL
Vereadora reformou casa e mandou pedreiro receber valor direto com prefeito
13/02/19
Por: Redação - Leverger News
Fonte: VGnoticias

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O prefeito de Rondolândia (a 1.600 km de Cuiabá), Agnaldo Rodrigues de Carvalho, repassava mensalmente R$ 1 mil de “mensalinho” aos vereadores Diones Miranda Carvalho, Lígia Neiva e Joaquim da Cruz, para que eles o apoiassem politicamente, viabilizando assim o seu mandato e deixando de proceder medidas de fiscalização. A informação consta na denúncia do Ministério Público Estadual (MPE) que resultou na expedição de mandado de prisão aos vereadores e afastamento do prefeito do cargo.

Segundo denúncia do MP, assinado pelos promotores de justiça, Felipe Augusto Ribeiro de Oliveira e Luiz Eduardo Martins Jacob Filho, em 2018 o prefeito Agnaldo Rodrigues procurou o Ministério Público informando que em fevereiro de 2017 foi procurado por Diones e que na ocasião o parlamentar relatou que o salário de vereador “era muito pouco por mês, e que o prefeito tinha que dar uma ajuda a ele” em troca de apoio político junto a Câmara de Vereadores.

“Aí... foi combinado um valor de aproximadamente R$ 1.000,00 por mês, ele disse que era pouco, mas eu disse que não posso. Ai, foi onde eu comecei com o vereador Diones e depois a vereadora Ligia com a mesma conversa e o vereador Joaquim também, da mesma forma”, diz trecho do depoimento do gestor em setembro de 2018.

Sobre os pagamentos, o prefeito revelou que sacava valores de sua conta bancária e depois repassava aos vereadores, tendo realizado transações do “mensalinho” em seu gabinete na Prefeitura de Rondolândia, em sua casa, como também solicitava ao seu irmão, Vilmar Rodrigues de Carvalho (que trabalhava como motorista de Agnaldo) que entregasse as quantias a Diones, Lígia e Joaquim.

Porém, segundo o gestor, o combinado era que nenhum dos vereadores sabia que os outros recebia o “mensalinho”, nem mesmo aqueles que estavam pegando o dinheiro das mãos do prefeito. “Só que um não sabia o negócio do outro, era esse o combinado”, relatou Agnaldo.

Ao MP, o prefeito entregou comprovantes de depósitos bancários realizados em nomes dos vereadores, como também de seus familiares, entre eles: R$ 3 mil para Eurilene Nogueira (filha do vereador Joaquim); R$ 2 mil para Francelino Dourado (cunhado de Joaquim); cacique da comunidade Zoró, Humberto Zoró no valor R$ 2,5 mil (marido da vereadora Lígia).

O gestor declarou que a vereadora Lígia Neiva, que também é servidora da Funai, era aquela que mais cobrava e pressionava para o pagamento do “mensalinho”, sendo que ele (Agnaldo) inclusive pago, como forma de cumprir com o acordo com a parlamentar, a reforma da casa dela ocorrido em fevereiro de 2018 e que ficou em R$ 3.500,00. Segundo ele, foram feitos pagamentos direitos ao pedreiro, contratado pela parlamentar, mas de forma parcelada.

Ele disse ainda que como forma de pressioná-lo, os vereadores chegaram a instaurar seis Comissões Parlamentares de Inquéritos (CPI) entre julho a novembro de 2017 acusando do cometimento de ilícitos à frente do Poder Executivo Municipal, chegando a afastar Agnaldo do cargo em 16 de outubro daquele ano, porém, ele retornou em 14 novembro.

Nos autos consta inclusive o depoimento da esposa do prefeito, Marcele Bastos Frolich, que afirmou que os vereadores Joaquim da Cruz e Lígia Neiva frequentavam sua casa sempre na hora do almoço (porém, nunca junto) e que em algumas ocasiões presenciou os parlamentares cobrando Agnaldo do repasse do dinheiro. A primeira dama ainda declarou que o seu marido repassou dinheiro aos vereadores dentro de sua casa e que uma desta vezes, na ocasião repasse feitas a Lígia, Agnaldo deu o dinheiro sem usar qualquer envelope ficando amostra as notas recebidas pela vereadora.

Sobre repasses para Diones, Marcele Bastos disse nunca ter presenciado, mas que o esposo mostrou comprovantes de depósitos bancários endereçados ao parlamentar, porém, não soube precisar valores.

Na denúncia, consta ainda o depoimento do irmão de Agnaldo, Vilmar Rodrigues, que confirmar ter entregue o dinheiro aos vereadores e também do pedreiro que realizou a obra na casa da vereadora Lígia Neiva – no qual confirmou que foi o prefeito Agnaldo que pagou pelo serviço inclusive tendo extrato bancário que comprovaria o depósito de R$ 1 mil da conta da Agnaldo para a do pedreiro pela obra.

 

Atenção! Os comentários e opiniões são de responsabilidade única e exclusiva do leitor e não expressam, necessariamente, o ponto de vista do site. Ao comentar, o usuário declara ciência e aceitação deste termo de conduta dos comentários do site LevergerNews.
Nome:
E-mail:
Título:
Comentário:
Comentários Envie o seu
 
Não foi feito nenhum comentário para esta matéria até o presente momento
Mais Notícias
15/08/17
Há 41 dias no cargo, secretário consegue desinterdição e hospital retoma atendimentos à população
04/05/19
Santo-antoniense é homenageado com a Ordem do Mérito Legislativo
04/05/19
Prefeito, vereadores e secretário da Sinfra entregam cinco novos ônibus na próxima terça-feira (07)
02/05/19
"Oposição patética e medíocre, torce pra nada dar certo e assim ter o que falar", acusa prefeito de Leverger
02/05/19
Presidente da Frente Parlamentar é recebido em audiência pela prefeita Lucimar
02/05/19
Santo-antoniense é condecorado pelo Tribunal de Justiça de MT
29/04/19
CGE aponta cobrança abusiva na tarifa do transporte coletivo entre Cuiabá-Santo Antônio e municípios da Baixada
26/04/19
Secretaria de Cultura de Santo Antônio promove ações na aldeia Gomes Carneiro
25/04/19
Vereadores vistoriam ônibus novos que atenderão usuários do transporte intermunicipal
23/04/19
Deputado Faissal e prefeitura revitalizam quadra poliesportiva em Leverger
23/04/19
Prefeitura de Santo Antônio está no grupo de municípios que entregaram as Contas de Governo de 2018 ao TCE
22/04/19
Após se consagrar com um dos melhores do mato-grossense, santo-antoniense coloca o Operário na Copa do Brasil em 2020
22/04/19
Fazendeiro de Mimoso; Antenor Figueiredo é intimado por Emanuel Pinheiro a devolver supersalário
22/04/19
Emanuel anuncia reforma no secretariado; ex-prefeito de Livramento e mais 5 devem entrar na degola (veja nomes)
20/04/19
Servidor da prefeitura de Santo Antônio é baleado por comerciante durante discussão em bar
17/04/19
Fazendeiro de Mimoso recebe supersalário de R$ 142 mil da prefeitura de Cuiabá
17/04/19
Saiba como estão os idosos resgatados em condições subumanas em Santo Antônio
16/04/19
Valdirzinho revela que segue o DEM de VG e vai tentar liberação do TSE para disputar em 2020
15/04/19
A elite política que existe até hoje na cidade participaram dos grupos pastorais formados pelo Frei
14/04/19
Câmara acompanha decisão do TCE e aprova Contas da gestão de Valdirzinho
12/04/19
Cepesca finaliza minuta de lei que prevê "Cota Zero" para pesca amadora por cinco anos
11/04/19
Ex-presidentes da Câmara e o atual abrem a corrida sucessória de Valdirzinho em Santo Antônio
CYBORG - O HOMEM DE 6 MILHÕES DE DÓLARES

Homônimo de herói de seriado americano vai responder pelo Controle de frotas e veículos da prefeitura de Leverger

BONITO PRA XA CARA !!!

Comediante é vetado para subir ao palco em Leverger

DOCUMENTO PÚBLICO

Gerente da Prefeitura Santo Antônio é suspeito de assinar ordem para pagamento sem conhecimento e autorização do chefe

DEMOROU, MAS SAIU DE CENA

Ex garoto prodígio do prefeito de Santo Antônio é exonerado

A ÚLTIMA CEIA!

Dois secretários devem sentar pela última vez ao lado do prefeito Valdir, num jantar nesta quinta-feira

Mais notas
Um dia escrevi "O Rio Cuiabá pede socorro" e hoje escrevo: todo o vale do Cuiabá pede socorro
Faissal - Dep Estadual /MT
Um Tributo a Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá
Luiz Fernando Amorim
"Funcionalismo Público: aumentar a receita sem cortar cabeças"
Leovaldo Antônio Duarte - Presidente do SIPROTAF-MT
o Grandioso Santo Antônio faz parte de Leverger à exatamente 118 anos
Tayane de Andrade Castro
© Copyright Levergernews - Santo Antônio do Leverger, MT - Fone: (65) 3341-1799/8403-5258