Santo Antônio de Leverger, 20 de Setembro de 2017
  Navegue:
Resgate Histórico
Eventos Sociais
Esporte
Política
Cultura
Saúde
Cidades
Pesqueiros / Pousadas
Dicas de pesca
Gastronomia Regional
Em sua opinião o Município deve proceder de que maneira com o morador que joga entulhos em vias públicas
Votar
Ver Parcial
colunas
Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
"... Assim como o arroz com feijão..."
28/02/13
Por: Celso Bicudo Junior - Santo-antoniense e advogado

 

Cristalizou-se o entendimento popular que: “O poder corrompe!”. Originariamente esse conceito estático foi criado com outro Espírito pelo Lorde Inglês do Século XIX, John Acton, não tão estático e alienado quanto este hodierno, mas de maneira mais sugestiva e reflexiva.

O Poder tende a corromper; o Poder absoluto corrompe de maneira absoluta.

A lição colocada por ele nos trás uma dúvida, se ele tende a corromper e o homem a ser corrompido, pois esse sim é agente direto do poder, e o que possui a capacidade de afastar essa tendência negativa, ou melhor, que essa se acalente em nossas ações enquanto agentes públicos.

Tratando-se de tendências corruptivas, o mecanismo criado para limitá-las, controlá-las especificamente na tradição Inglesa e logo após pela Estadunidense é chamado de “CHECK AND BALANCES” (Controle e Contrapesos). Caracterizado pelo equilíbrio dos poderes. Metaforizando seria uma gangorra de três lados,quando um sobe mais que os outros dois, os que estão mais baixo fazem peso, força para ficarem na mesma posição e altura do outro mais elevado. Busca-se sempre a Igualdade, nunca a sobreposição ou inércia. Seria esse o modo como os poderes Legislativo, Judiciário e Executivo deveriam se inter-relacionar, destacando que já em épocas passadas Charles de Montesquieu, ilustre iluminista, foi uns dos principais idealizadores desse sistema fiscalizador de governo. Poderes Independentes!

Percebe-se uma preocupação histórica tremenda em controlar esse fator conhecido por todos como Corrupção, seja no ambiente das casas legislativas, judiciárias, executivas e até mesmo no âmbito familiar.

A natureza humana é facilmente entendida quando comparada com qualquer outro ser, coloquemos aqui como exemplo as Abelhas. Sabemos que essas vivem em regime de sociedade, ou seja, cada uma delas desempenha seu papel: a Rainha é a que fornece à colméia novos operários e zangões, o primeiro é responsável pela construção da casa e por buscar alimentos e o segundo pela defesa, fazem todos com primazia o seu papel.

A rainha não abusa de seus “súditos” procriando á todo vapor, os zangões não abusam do vigor físico e maltratam os demais, apenas o utilizam na defesa da colméia,os operários não desviam as comidas encontradas,enfim tudo é feito com a mais pura honestidade. Quantas vezes você já viu uma formiga carregando uma folha enorme, ou até mesmo várias formigas se alimentando de um bolo caído no chão, percebemos aqui, que esses animais não são como nós, pois, mesmo quando há abundância de alimentos, de recursos, ou carregam o que podem para ser compartilhado seja na colméia ou no formigueiro, ou liberam uma substância que atraem todas para o local. Não há corrupção e negociatas nesse tipo de sociedade, tudo é feito ás claras.O poder para esse tipo de sociedade não corrompe.

Já em nossa realidade temos que lidar com a supracitada Gangorra, traduzindo: não existiria um ápice em nosso convívio coletivo, onde haveria a calmaria eterna, o consenso dos sábios, pois, onde há forças opostas, dinamicidade, multiplicidade de interesses e política não haveria inércia e sim um constante movimento de controle mútuo, de tensão e até mesmo de conflito. O que demonstraria o exercício do controle, essencial para engrenar e dar qualidade aos atos e ações governamentais e políticos. Relativizar o Poder, através do controle!!!

O “poder Absoluto”, citado pelo Lorde Acton é sim aquele que se encaixa com a frase “O poder corrompe”, pois diferentemente do relativo que proporciona tendências, esse impõe, dita e não dá escolha ou possibilidade de subversão. Poder absoluto é aquele sem oposição, esmagador, ignorante e bruto. Não há diálogo e muito menos construção! É aquele que degrada as relações humanas, seus valores morais, éticos e sociais. Exemplificando; o Crime Organizado em determinada favela, uma Organização Terrorista em determinada região como no Afeganistão ou na Caxemira e o próprio governo corrupto que inibe a justiça e compra a oposição. Falando em comprar....

Em nosso país a corrupção, ato de corromper terceiros para obter benefício próprio, fez com que o tom absoluto do Poder, aumentasse ainda mais a ineficiência nas instituições, afetando o Bem-estar dos Cidadãos, pois, diminui os investimentos públicos na Saúde, Educação, em Infra-Estrutura, segurança e habitação, aumentando o canyon existem entre as classes mais favorecidas e a menos favorecidas.
A relação Patrimonialista entre Estado e Sociedade que impera desde as nossas Capitanias Hereditárias, épocas coloniais, onde não possuíamos claramente a distinção entre público e privado, nós faz até hoje vítimas de um sistema estratosfericamente caro e sempre comando pelo martírio dos comuns e a felicidade dos distintos, que possuem o poder econômico e político em mãos.

Fazem as leis,executam,cobram e vendem modelos de vida que a maioria dos cidadãos são obrigados á se adequarem. Por isso, o entrelaçamento de partidos políticos com grandes Empresas, Bancos e Construtoras enveredando no mundo jornalístico inúmeras manchetes, digamos não-replubicanas.

Comprovando o exposto; um estudo feito pela FIESP apontou o custo da corrupção no Brasil, que gira em torno de 41,5 bilhões e 69,1 bilhões por ano, alimentado ferozmente pela nossa cultura da Impunidade, justiça morosa e Seletiva. Os amparados por bons advogados dificilmente passam muito tempo na cadeia ou são punidos. Exemplo disso, O STF não condenou de 1988 a 2007 nenhuma autoridade política só no STJ que houve condenação, mas de apenas cinco.

As condenações referentes ao Mensalão, ainda não sabemos se serão ou não aplicadas e se essa Ação Penal 407 será precedente vinculativo nos tribunais ou apenas constará nos livros didáticos de História.

Democratizou-se a frase introdutória aqui citada, dá mesma forma que atualmente todos os partidos políticos brasileiros, seja de esquerda ou de direita, oposição ou situação, já demonstraram ser atores do lado mais obscuro e ao mesmo tempo conhecido da política nacional. Todos sem exceção sabem os significados desse termo, que variado ou não cairá no mesmo sentido: Cervejinha, molhar a mão, lubrificar, lambidela, mata-bicho, jabaculê, jabá, conto-do-paco, conto do vigário, jeitinho, mamata, negociata, taxa por fora, propina, rolo, peita, falcatrua, entre outros. É o “modus operandi”, a justificativa para um bom governo e a nossa decadência moral, tudo em nome do Poder ou do Poder governar.

É justificativa do injustificável.

- Se não for desse modo, o Brasil não vai pra frente, não dá !!!
Outro dado importante para o nosso “decadence avec elegance” (Decadência, mas com elegância), traduz-se nesse paradigma: somente no Governo Federal há em torno de 29 mil cargos de Confiança que podem ser trocados de acordo com o Resultado de cada eleição, o custo de toda essa estrutura “necessária” ultrapassa 200 bilhões de reais. Em contrapartida na Inglaterra são apenas 130 cargos. Uma vergonha, sem falar que além de serem muitos são na maioria ocupados obedecendo rigorosamente à modalidade Nepotista, direta e cruzada. Nos faz lembrar do Esporte mais em foco atualmente o Mixed Martial Arts (MMA).

-E a população tomou um Nepotismo Cruzado e pra finalizar um Direto! Nocaute... Cara na lona!
Diante de todo o exposto, necessário se faz citar o renomado Jornalista, Roberto Pompeu de Toledo em oportuna síntese nos presenteia com a seguinte obra:
...”A corrupção faz parte de nosso sistema de poder quanto o Arroz e o feijão de nossas refeições.”

O poder corrompe? A corrupção engraxa o sistema político? Ter o poder sem oposição é sadio? Perguntas com resposta mais que sabidas, mas que insistimos em não procurar, ou melhor, em não sermos corrompidos pela verdade. Corrompidos pela história, corrompidos pela ética, corrompidos pela boa-fé, pois, evidente se é, que essas são palavras sem força sem poder, pois este último sim corrompe. Assim como, o feijão com arroz enche a barriga.
 

Atenção! Os comentários e opiniões são de responsabilidade única e exclusiva do leitor e não expressam, necessariamente, o ponto de vista do site. Ao comentar, o usuário declara ciência e aceitação deste termo de conduta dos comentários do site LevergerNews.
Mais Opiniões
18/09/17
Marketing político e eleitoral - Parte VI
22/05/17
Evento em prol da festa do Senhor Divino reúne personalidades em Leverger
19/08/15
BAIXADA CUIABANA E SEUS DESAFIOS
12/02/15
ESPECIALISTA FAZ ALERTA SOBRE PERIGOS DA PRÁTICA ERRADA DE CORRIDA
23/01/15
PIRACEMA - Enxugando gelo
20/12/14
O ACORDAR DE LEVERGER ESTA PRÓXIMO!
10/08/14
MT-040, estrada da morte!
27/11/13
A visão do patrão
07/11/13
O Princípio da não Autoincriminação;
31/10/13
Doutor Cid: um homem pantaneiro
14/10/13
Professores
19/05/13
Nessa manhã de frio e neblina, eis que surge o Zeppelim Gigante...
24/04/13
Nagib Saad - Uma atenção maior!
18/04/13
O episódio das cartilhas lança luz sobre a leniência governamental
18/04/13
O Morro de Santo Antônio foi ocupado
17/04/13
A Política que queremos, não é a que temos.
11/04/13
Direito Penal do Inimigo e a matança dos inocentes do Rei Herodes
14/03/13
Guató, Manoel de Campos Bicudo, Itaicy, Augusto Leverger, Totó Paes, Jonas Pinheiro....
19/01/13
Quem nunca subiu o Morro de Santo Antônio?
23/10/12
A HISTÓRIA DA NAGIB SAAD
25/07/12
Família, um porto seguro.
14/07/12
A hora da mudança é agora ! Mudança já!
11/06/12
A VIZINHA LEVERGER
07/06/12
Nosso padroeiro Santo Antônio
26/05/12
CRIANÇAS DO TERCEIRO MILÊNIO
17/05/12
ORGULHO DE SER POLITICO
09/05/12
MAIS PREJUIZOS PARA A NOSSA SANTO ANTONIO
05/01/12
PERSPECTIVAS PARA O ANO NOVO
04/01/12
EDUCAÇÃO NA REDE MUNICIPAL EM LEVERGER
24/09/11
INGRATIDÃO & INGRATOS
CYBORG - O HOMEM DE 6 MILHÕES DE DÓLARES

Homônimo de herói de seriado americano vai responder pelo Controle de frotas e veículos da prefeitura de Leverger

BONITO PRA XA CARA !!!

Comediante é vetado para subir ao palco em Leverger

DOCUMENTO PÚBLICO

Gerente da Prefeitura Santo Antônio é suspeito de assinar ordem para pagamento sem conhecimento e autorização do chefe

DEMOROU, MAS SAIU DE CENA

Ex garoto prodígio do prefeito de Santo Antônio é exonerado

A ÚLTIMA CEIA!

Dois secretários devem sentar pela última vez ao lado do prefeito Valdir, num jantar nesta quinta-feira

Mais notas
Marketing político e eleitoral - Parte VI
Cláudio Cordeiro - Publicitário/Advogado
Evento em prol da festa do Senhor Divino reúne personalidades em Leverger
Redação - Leverger News
BAIXADA CUIABANA E SEUS DESAFIOS
EMANUEL PINHEIRO - É deputado estadual pelo Partido da República (PR)
ESPECIALISTA FAZ ALERTA SOBRE PERIGOS DA PRÁTICA ERRADA DE CORRIDA
Dr. Luiz Fernando Amorim é especialista na área de ortopedia e traumatologia
© Copyright Levergernews - Santo Antônio do Leverger, MT - Fone: (65) 3341-1799/8403-5258