Santo Antônio de Leverger, 22 de Setembro de 2017
  Navegue:
Resgate Histórico
Eventos Sociais
Esporte
Política
Cultura
Saúde
Cidades
Pesqueiros / Pousadas
Dicas de pesca
Gastronomia Regional
Em sua opinião o Município deve proceder de que maneira com o morador que joga entulhos em vias públicas
Votar
Ver Parcial
colunas
Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
Direito Penal do Inimigo e a matança dos inocentes do Rei Herodes
11/04/13
Por: Por Celso Bicudo Junior. Pós graduando em Ciências Penais

 

Direito Penal do Inimigo e a matança dos inocentes do Rei Herodes.
A Violência Institucionalizada e aplaudida.

O Brasil vive um momento de euforia pela igualdade entre gêneros, de políticas voltadas à afirmação das classes menos favorecidas (“Cotas”), da legitimação do casamento entre pessoas do mesmo sexo, de canais de televisão com diversos programas que abordam em uma escala ascendente diversos temas complexos, que compreende desde a vinda da blogueira Cubana Yoani Sánchez até o novo relacionamento da atriz Daniela Mercury. Mas não é só isso!
Através de nosso Celular podemos acompanhar os fatos que ocorrem no mundo todo em tempo real, em um minuto saberemos se uma bomba explodiu na Coréia do Sul dando assim início a guerra entre as beligerantes Coréias, e em dois minutos sair uma notícia afirmando ser tal notícia falsa. Notem que o acontecimento na Boate Kiss, se tornou repentinamente um Reality Show do Horror e da Incompetência dos poderes fiscalizadores em nosso país. Em menos de um dia os prefeitos do Brasil inteiro influenciados pelo noticiado em rede nacional, mandaram “do nada” vistoriar as boates, bares, pubs entre outros nas suas respectivas cidades, com um detalhe muitos nunca tinham sido vistoriados ou possuía sua licença vencida há anos. Os cidadãos de Cuiabá, Manaus, Florianópolis que nunca se atentaram a este detalhe passaram a ter essa precaução, a ter medo de boates fechadas e sem saída de emergência compatível com a lotação. Passaram a ter medo do que era habitual!
A transmissão do julgamento do ex-policial e ex-advogado Mizael Bispo, bem como, a do goleiro Bruno, encheu a sociedade de juízo de valores, de técnicas investigativas e de Sentenças, cada um tinha a sua tese e sua vestibular Sentença na ponta da língua! No julgamento do Mensalão (AP 470), toda a ira da população revoltada com a corrupção na sua cidadezinha, no seu Estado, na fila do banco, torcia e vibrava com as palavras do Ministro Joaquim Barbosa, com a sua arrogância heróica e aplaudida, tornou a mais alta corte do Brasil e o julgamento mais importante do século, em uma Tragédia com características Homéricas, a luta do Homem honesto contra os outros ministros “corrompidos pelo poder”!
O douto esqueceu-se que ali naquela Corte situa o que há de mais importante no Estado Democrático de Direito vigente no Brasil; a liberdade de expressão, o respeito e o consenso dos justos legitimamente designados para julgar os comuns.
Ninguém ali deveria ter um tom que lembrava Hitler em seus discursos narcisistas e autoritários, embalado pelas calorosas palmas e os gritos de “heil Hitler”, “heil Barbosa”. Inadmissível, lembremos que a justiça é cega, ou deveria ser!
Por fim, quem não se lembra dos ataques de 11 de Setembro ocorrido nos Estados Unidos, a maior potência Bélica e Econômica do mundo. Pois é, depois desses ataques começou a chamada “Guerra ao Terror”, a procura pelo Falecido Osama Bin Laden e o fim da Humanidade do próprio homem! Criou-se a Lei Patriot Act.(lei patriótica) que fortaleceu o poder da polícia sobre a sociedade civil, justificando diversos abusos, bem como invasão de privacidade, além dela quem não se lembra dos CAMPOS DE CONCENTRAÇÃO ATUAIS e que ainda estão em atividade, as prisões de segurança máxima de; Abud Ghraid e a de Guántanamo.
Lembre-se que todo esse sistema não foi montado para pessoas que cometeram crimes de terrorismo, mas para aqueles considerados “inimigos do estado” que “viriam”, prospecção, a cometer algum. Ou seja, prisões baseadas no medo e na adivinhação, na punição baseada na sua personalidade e no que ele “o tachado possível terrorista viria a fazer”, “ ele o possível chefe do crime organizado viria a cometer” e assim por diante.
O medo e ao mesmo tempo a globalização dele, aproximou o homem de sua natureza perversa e agora esta transformando o Estado em Inquisidor, voltando aos ideais nazistas e das Ditaduras. As Nações que já passaram por Estágios Difíceis e sangrentos de evolução que se traduziu em GARANTIAS PROCESSUAIS PENAIS, VALORIZAÇÃO E CONSTITUCIONALIZAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS, A PETRIFICAÇÃO DO PRINCÍPIO DA IGUALDADE E DA DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA, agora anda na contramão.
Atualmente o Direito Penal, que sempre deve ser a ultima ratio, o ultimo instrumento de intervenção na sociedade, pois ele essencialmente possui natureza de violência e restrição é usada de forma absurda, contrariando todos os tipos de Princípios Constitucionais e Processuais penais, afastando de modo claro; os princípios já citados, a ampla defesa o contraditório, do devido processo legal e mais aumentando penas (lei de crimes hediondos) e diferenciando regimes (Regime Disciplinar Diferenciado), ao seu bel prazer. Com base na proteção da coletividade.
Ora!!! Esta mais que claro que todo esse sistema de “punitivismo” extremado, não resolve e o pior cria um problema para resolver outro! Os crimes só estão aumentando, as cadeias estão superlotadas e assim vai!
O medo que permitiu Hitler tachar os Judeus, Deficientes e Homossexuais de inimigos do Estado Alemão e primeiramente separá-los do convívio em sociedade nos campos de concentração para posterior matança é o mesmo que faz as Prisões de segurança Máxima de Guantánamo e Abud-Grhaid prender “inimigos” por tempo indeterminado, torturá-los e não imputar a eles crime nenhum. O azar dos Judeus e dos “jihads” não é cometer crime, mas sim se enquadrar no perfil de inimigo criado, sabe por lá por quem e com que interesse.
No Brasil estamos caminhando para o mesmo fim. Destruir a humanidade presente em nossa Constituição, destaca-se pós ditadura, e também em nossa sociedade, com esse raciocínio de criar “inimigos”, que como muito bem demonstrado são considerados objetos, não possui direitos e garantias a não ser configurar o centro de toda culpa, de todas as desigualdades, medos e insegurança social e popular.
É como a velha História do faraó que mandou matar todos os bebês varões, matança da qual escapou Moisés por especial proteção divina, assim como Herodes mandou matar todos os bebês varões, nova matança da qual Jesus escapou por especial proteção divina que avisou José num sonho. Naqueles tempos eram eles “inimigos” do Estado vigente e mesmo antes de seu nascimento eram queridos mortos. Fica a história bíblica para os crentes a e realidade para os mais críticos! A sociedade hoje vive com medo, e esse bestifica as nossas Instituições.

 

 

Atenção! Os comentários e opiniões são de responsabilidade única e exclusiva do leitor e não expressam, necessariamente, o ponto de vista do site. Ao comentar, o usuário declara ciência e aceitação deste termo de conduta dos comentários do site LevergerNews.
Mais Opiniões
18/09/17
Marketing político e eleitoral - Parte VI
22/05/17
Evento em prol da festa do Senhor Divino reúne personalidades em Leverger
19/08/15
BAIXADA CUIABANA E SEUS DESAFIOS
12/02/15
ESPECIALISTA FAZ ALERTA SOBRE PERIGOS DA PRÁTICA ERRADA DE CORRIDA
23/01/15
PIRACEMA - Enxugando gelo
20/12/14
O ACORDAR DE LEVERGER ESTA PRÓXIMO!
10/08/14
MT-040, estrada da morte!
27/11/13
A visão do patrão
07/11/13
O Princípio da não Autoincriminação;
31/10/13
Doutor Cid: um homem pantaneiro
14/10/13
Professores
19/05/13
Nessa manhã de frio e neblina, eis que surge o Zeppelim Gigante...
24/04/13
Nagib Saad - Uma atenção maior!
18/04/13
O episódio das cartilhas lança luz sobre a leniência governamental
18/04/13
O Morro de Santo Antônio foi ocupado
17/04/13
A Política que queremos, não é a que temos.
14/03/13
Guató, Manoel de Campos Bicudo, Itaicy, Augusto Leverger, Totó Paes, Jonas Pinheiro....
28/02/13
"... Assim como o arroz com feijão..."
19/01/13
Quem nunca subiu o Morro de Santo Antônio?
23/10/12
A HISTÓRIA DA NAGIB SAAD
25/07/12
Família, um porto seguro.
14/07/12
A hora da mudança é agora ! Mudança já!
11/06/12
A VIZINHA LEVERGER
07/06/12
Nosso padroeiro Santo Antônio
26/05/12
CRIANÇAS DO TERCEIRO MILÊNIO
17/05/12
ORGULHO DE SER POLITICO
09/05/12
MAIS PREJUIZOS PARA A NOSSA SANTO ANTONIO
05/01/12
PERSPECTIVAS PARA O ANO NOVO
04/01/12
EDUCAÇÃO NA REDE MUNICIPAL EM LEVERGER
24/09/11
INGRATIDÃO & INGRATOS
CYBORG - O HOMEM DE 6 MILHÕES DE DÓLARES

Homônimo de herói de seriado americano vai responder pelo Controle de frotas e veículos da prefeitura de Leverger

BONITO PRA XA CARA !!!

Comediante é vetado para subir ao palco em Leverger

DOCUMENTO PÚBLICO

Gerente da Prefeitura Santo Antônio é suspeito de assinar ordem para pagamento sem conhecimento e autorização do chefe

DEMOROU, MAS SAIU DE CENA

Ex garoto prodígio do prefeito de Santo Antônio é exonerado

A ÚLTIMA CEIA!

Dois secretários devem sentar pela última vez ao lado do prefeito Valdir, num jantar nesta quinta-feira

Mais notas
Marketing político e eleitoral - Parte VI
Cláudio Cordeiro - Publicitário/Advogado
Evento em prol da festa do Senhor Divino reúne personalidades em Leverger
Redação - Leverger News
BAIXADA CUIABANA E SEUS DESAFIOS
EMANUEL PINHEIRO - É deputado estadual pelo Partido da República (PR)
ESPECIALISTA FAZ ALERTA SOBRE PERIGOS DA PRÁTICA ERRADA DE CORRIDA
Dr. Luiz Fernando Amorim é especialista na área de ortopedia e traumatologia
© Copyright Levergernews - Santo Antônio do Leverger, MT - Fone: (65) 3341-1799/8403-5258